Veja como justificar ausência no Enem 2021 e obter isenção na edição de 2022

Os participantes que se inscreveram para a edição do Enem em 2021, tiveram a isenção da taxa de inscrição, mas não compareceram nos dias de provas, devem justificar a ausência para obter a isenção em 2022. O valor da taxa de inscrição do Enem será de R$ 85,00 para todos não isentos. O Exame Nacional do Ensino Médio é realizado anualmente e possibilita que estudantes de todo o país utilizem suas notas para ingressar no ensino superior, através dos programas educacionais como Sisu, ProUni e Fies.

Estudantes poderão escolher área avaliada no novo Enem

Neste ano, o prazo para solicitação da isenção da taxa de inscrição do Enem será de 04 a 15 de abril de 2022, assim como o prazo para justificar a ausência na edição anterior. A justificativa de ausência será feita através da Página do Participante, onde o candidato deverá utilizar o CPF e data de nascimento.

Documentos aceitos para justificar a ausência no Enem 2021:

  • Assalto ou furto: Boletim de Ocorrência Policial legível, com nome completo, CPF ou RG do participante envolvido, com o relato do assalto/furto ocorrido em um dos dias: 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, antes das 13h (horário de Brasília);
  • Acidente de Trânsito: Boletim de Ocorrência Policial legível, com nome completo, CPF ou RG do participante envolvido, com o relato do acidente de trânsito ocorrido em um dos dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, antes das 13h (horário de Brasília);
  • Casamento/União Estável: Certidão de Casamento ou Contrato de União Estável legível ocorrido entre os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, com nome completo do participante;
  • Morte na Família: Certidão de Óbito ocorrido entre os dias 10 de janeiro e 24 de fevereiro de 2021, do cônjuge ou companheiro, pai, mãe, ou responsável legal, avô, avó, irmão, filho ou enteado, com documentação que comprove o parentesco;
  • Maternidade/Paternidade: Certidão de Nascimento ou de adoção legível que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, em que conste o nome completo da participante;
  • Acompanhamento de cônjuge ou companheiro: Documento, expedido por autoridade constituída, que comprove o acompanhamento de cônjuge ou companheiro deslocado para outra cidade, entre o dia 27/5/2020 até o dia 24/2/2021;
  • Privação de liberdade: Mandado de prisão ou documento congênere que ateste privação de liberdade nos dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, contendo nome completo do participante, identificação e assinatura do responsável pelo órgão competente;
  • Emergência/Internação/repouso médico ou odontológico: Atestado Médico ou Odontológico legível, com o nome completo do participante especificando a necessidade da internação/repouso ou CID que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021. Também serão aceitos atestados de acompanhamento de familiar: do cônjuge ou companheiro, pai, mãe ou responsável legal, avô, avó, irmão, filho ou enteado, com documentação que comprove o parentesco;
  • Trabalho: Declaração de exercício de atividade profissional que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, com número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, identificação da empresa e assinatura do empregador responsável pela declaração;
  • Deslocamento a trabalho: Declaração de exercício de atividade profissional assinada, contendo justificativa do deslocamento, que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, com número do Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica – CNPJ, identificação da empresa e assinatura do empregador responsável pela declaração;
  • Intercâmbio acadêmico: Documento assinado, em língua portuguesa, da Instituição de Ensino Internacional que comprove intercâmbio, contendo identificação da Instituição de Ensino, nome completo do participante e o período do curso, que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021;
  • Atividade curricular: Declaração ou documento assinado que comprove a participação do estudante, em atividade curricular que contemple os dias 17, 24, 31 de janeiro, 7, 23 ou 24 de fevereiro de 2021, no Brasil ou no exterior.

A isenção da Taxa do Enem 2022 será garantida para quem:

  • For concluinte do ensino médio em 2022 em escola da rede pública;
  • Tiver cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada;
  • Possuir renda per capita igual ou inferior a um salário-mínimo e meio (R$ 1.820);
  • Ser membro de família de baixa renda que declara situação de vulnerabilidade socioeconômica (inscritos no Cadastro Único).

Mas para isso, o candidato deve realizar a solicitação da isenção através da Página do Participante.

Cronograma para o pedido de isenção do Enem 2022

  • Justificativa ou solicitação de isenção: de 04 a 15 de abril
  • Resultado das solicitações: 22 de abril
  • Recurso: de 25 a 29 de abril
  • Resultado do recurso: 6 de maio

Os documentos enviados para justificar a ausência na edição de 2021 devem ser nos formatos PDF, PNG ou JPG, com o tamanho máximo de 2MB. Em caso de reprovação da justificativa, o candidato pode solicitar o Recurso entre os dias 25 e 29 de abril. Caso o Recurso também seja reprovado, o candidato deverá realizar a inscrição e gerar a GRU Cobrança para efetuar o pagamento até a data de vencimento, para que a inscrição seja, de fato, concluída.

Deixe seu Comentário